sábado, 15 de julho de 2017

Descobrir a grandeza das coisas anónimas

Leve os seus filhos a encontrar os grandes motivos para serem felizes nas pequenas coisas. Uma pessoa emocionalmente superficial precisa de grandes eventos para ter prazer, uma pessoa profunda encontra prazer nas coisas ocultas, nos fenómenos aparentemente imperceptíveis: no movimento das nuvens, no bailar das borboletas, no abraço de um amigo, no beijo de quem ama, num olhar de cumplicidade, no sorriso solidário de um desconhecido.



A felicidade não é obra do acaso, a felicidade é um exercício. Treine as crianças para serem excelentes observadoras. Saia pelos campos ou pelos jardins, faça-as acompanhar o desabrochar de uma flor e descubra com elas o belo invisível. Sinta com os seus olhos as coisas lindas que estão à sua volta.

Leve os jovens a viver os momentos singelos, a força que surge nas perdas, a segurança que brota no caos, a grandeza que emana dos pequenos gestos. As montanhas são formadas por ocultos grãos de areia.

As crianças serão felizes se aprenderem a contemplar o belo nos momentos de glória e de fracasso, nas flores da Primavera e nas folhas secas do Inverno. Eis o grande desafio da educação da emoção!

In: Cury, Augusto - Pais brilhantes, Professores fascinantes, páginas 41/42


Tempo de férias, tempo para reaprender a estarmos juntos. Oportunidade para andarmos de mãos dadas e apreciar tudo o que está à nossa volta. O autor bem o diz, descobrir as coisas que os nossos olhos não vêem normalmente e ensinar essa forma de ver às nossas crianças. Nem tudo o que luz é ouro, lá diz o povo. Muitas vezes é nas pequenas coisas que encontramos a verdadeira felicidade.

Desejo-vos um bom fim de semana.

=====

Imagem: daqui

4 comentários:

  1. Adoro Augusto Cury e já li vários livros dele. Tem toda a razão, é assim que ensinaremos as nossas crianças a serem humanas. Um beijinho, amiga e um bom fim de semana
    Emilia

    ResponderEliminar
  2. Um texto muito bom. Aliás como todos os que já li deste autor.
    Um abraço e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  3. Uma escolha brilhante!
    Desde sempre tentei ensinar aos meus filhos que a felicidade está tantas vezes nas pequenas/grandes coisas do nosso dia a dia e que a podemos encontrar numa flor, num olhar para o céu, no sorriso de quem amamos, num abraço sincero ...
    Penso que consegui levá-los a observar o que os rodeia.
    Bom fim de semana
    Beijinhos
    Maria de
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderEliminar
  4. Sendo que a Felicidade não será algo que se conquiste mas antes um estado de espírito que se conquista com a singeleza da alma, a luz dos olhos que vejam as pequenas coisas do dia a dia, é urgente que a nossa pequenez saiba engrandecer-se com os pequenos nadas da vida.
    A maravilha da vida está na simplicidade e amor com que abraçamos o que vemos e sentimos.
    Maravilha de texto , Olinda
    Boas Férias. Dias Felizes!
    Abraço!

    ResponderEliminar